PS5 e Kraken – Quando menos… é mais!

5 6 votes
Avalie o nosso artigo

A PS5 tem 825 GB de espaço em disco, que se traduzem em 667 GB livres. A Xbox série X tem 1 TB de espaço em disco que se traduz em 802 GB livres. Apensar de ter mais 135 GB, graças ao Kraken, o espaço da PS5 está a render bastante mais.

A compressão Oodle Textures associada ao Kraken da Playstation 5 está a trazer resultados excecionais à consola. Ao ponto de 667 GB de espaço em disco estarem a render mais que os 802 GB da Xbox série X, e isto apesar da vantagem de 135 GB para o lado da consola da Microsoft.

Vamos ver a situação com casos reais, instalado um total de 18 jogos em ambas as consolas, e para isso vamos usar uma compilação de dados postada no Reddit. Note-se que não temos forma de confirmar este valores, pelo que os vamos aceitar como corretos, indicando porém que a fonte é o Reddit e um utilizador não comprovado. Não sabemos assim em que condições os valores foram obtidos, se com instalações frescas, ou se após patches.

Comecemos pelo Marvel Avengers. Este jogo ocupa 74.1 GB na Playstation 5 e 116.6 GB na Xbox série X. Vamos escrever estes valores, com a dimensão da PS5 à esquerda e a da Xbox série X à direita, sendo que de seguida colocaremos outros jogos, seguindo a mesma regra:

Marvel’s Avengers: 74.1 vs 116.6



Hitman 3: 61.9 vs 77.8

Borderlands 3: 51.1 vs 63.8

Watch Dogs Legion: 50.6 vs 61.1

Control: 25.7 vs 43.6

Neste ponto fazemos uma pausa, apenas para indicar que na Xbox atingimos os 362,9 GB, ou seja estamos a 1 GB do limite da Xbox série S, o que se torna necessário para alguns savegames. O quick resume já não funcionará e o numero de saves estará limitado nessa consola.

Continuemos:



Dirt 5: 50.9 vs 63.3

Subnautica: 3.8 vs 8.3

Crash 4: 20.0 vs 28.0

Tony Hawk: 23.3 vs 31.9

AC Valhalla: 41.8 vs 72.5



Immortals Fenyx Rising: 22.3 vs 32.9

Mortal Shell: 4.6 vs 8.6

Nesta fase vamos fazer uma nova paragem para verificamos o estado das coisas.

E temos:

Espaço usado



PS5: 430.1 GB e Xbox série X: 608.4 GB

A dimensão destes jogos na Xbox é superior em 178.3 GB na Xbox, o que ultrapassa os 135 GB de diferença. Isto quer dizer que há agora vantagem no armazenamento da Playstation 5.

Efectivamente, retirando estes valores ao espaço disponível temos o seguinte espaço livre em ambas as consolas:

Espaço livre:

PS5: 236,9 GB e Xbox série X: 193.6 GB



A confirmarem-se os dados de cima, o que temos é que a PS5 está efetivamente a demonstrar uma melhor compressão, e a fazer “render o peixe”.

Vamos agora acrescentar alguns dados obtidos por nós, trazendo à baila o peso pesado. O Call of Duty: Cold War.

Os valores que vamos relatar são os obtidos por indicação de quem o instalou efetivamente e não pelos dados oficiais da Activision que ficam longe do real. Desta forma a instalação efetiva do jogo (sem addons) é então na realidade 147.4 GB na PS5 e 187.9 GB na Xbox série S|X.

Call of Duty: Cold War: 147.4 vs 187.9

E somando este jogos aos de cima, atingimos o limite da Xbox série X, que fica agora com 5.7 GB livres. Com este valor o Quick Resume já não deverá funcionar, até porque uma boa parte deste espaço será requerido para Savegames.



No entanto na PS5 ainda continuamos com 89-5 GB livres.

Isso quer dizer que ainda poderemos instalar o Spider Man: Miles Morales (38,96 GB), e o Ratchet and Clank: Rift Apart ( anunciado como ocupando 33.6 GB), o que totaliza 72,56 GB, deixando ainda 17,4 GB livres para alguns indies e os Savegames.

E isto parece comprovar a realidade da PS5: Graças ao Kraken, consegue tornar o menos… em mais!



5 6 votes
Avalie o nosso artigo
guest
126 Comentários
Antigos
Recentes
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Carlos Zidane
Carlos Zidane
18 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Valeu o artigo Mário, pensei em fazer essa conta mas não sabia (tive preguiça de procurar) os tamanhos de arquivos corretos, e não foi diferente do que imaginei, o pessoal da Sony está mais uma vez de parabéns, com jogos que estavam vindo cada vez maiores.. isso é um alívio

Paulo
Paulo
18 dias atrás

Sr. Mario, acredito que o senhor tenha pegado esses dados dessa thread no reddit:
https://www.reddit.com/r/PS5/comments/nkewpx/ps5_game_size_comparison/
Porém, se o senhor se atentar à thread em questão, existem diversos comentários nessa thread que indicam medidas inconsistentes, tanto para o lado do PS quanto para o Xbox. Não negarei que a tecnologia Kraken de compressão seja eficiente, mas apenas quis fazer esse adendo.

Ewertom
Ewertom
18 dias atrás

Tendo ou não o kraken ou outro ,o espaço interno de ambos os consoles é ridicularmente pifio,estamoss a ver jogos ainda cross gen e é isso🤦‍♂️Acho que deveria ter pelo menos 2 tb logo no inicio.

Andrio
Andrio
Responder a  Ewertom
18 dias atrás

Quantos jogos vc costuma ter instalados? Particularmente ter uns 10 pra mim já está de bom tamanho.

nETTo
nETTo
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Eu costume instalar o que da kkk

Ewertom
Ewertom
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Andrio eu somente adquiro midias fisicas e não sou adepto ao digital.por motivos próprios,não consigo comprar um jogo de 100gb e depois exclui-lo do console para mais para frente instala-lo novamente sendo midia fisica eu excluo e somente baixo as atualizações,mas hoje você tem a possibilidade de excluir somente o jogo deixando os adicionais instalados.por esse motivo acho o espaço muito pequeno.
Mas ressalva que jogos indies ou os jogos da SNK que eu curto muito”os antigos blz”ai não tem jeito só digitais,mas são bem pequenos em tamanho

Livio
Livio
18 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

é mais um exemplo da filosofia adotada pela Sony e pela MS. Quando divulgaram o armazenamento do XSX alguns acharam ok outros já andaram a festejar(até porque estimava que 1T seria o padrão dessa geração) e então eis que sai o tamanho do armazenamento do PS5, quase 600GB só para jogos, muitas críticas, Sony nada a falar, alías acho que até falou “é o suficiente” e mesmo assim foram piadas e críticas, até eu mesmo o fiz.

Só que aí estava a filosofia que a Sony adota: “espere e verás” . Agora vemos que o “é o suficiente” estava certo e que o menos vale mais!

nETTo
nETTo
Responder a  Livio
18 dias atrás

Vrd, a Sony se calou perante inúmeras polêmicas e FUD contra o PS5, muito porque confiava plenamente no projeto do console e as respostas estão aí todos os dias.

Console acompanhando o monstro que come monstros ao café, SSD rendendo mais que o do monstro, console tão silêncioso quanto o monstro, console tão bem arrefecido quanto o monstro.

nETTo
nETTo
18 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Há um erro logo no início do artigo no qual referi o SSD do PS5 contendo 885GB quando na vrd ele tem 825GB.

Aproveitando a notícia positiva sobre o PlayStation 5, aqui vai meu Review do mesmo em pouco mais de uma semana de uso.

Logo que vc as depara com a caixa e até a abertura e retirada do console da mesma vc já percebe que o mesmo é grande, mas bem grande mesmo. Porém ao monta-lo na vertical e com seu design todo moderno o console é muito agradável de se olhar, muito bem construído olhando para ele de frente, a carcaça externa com os mini símbolos padrão dos controles PS, o Black piano da parte central dele, a base inclusa, tudo dá uma ótima impressão geral sobre a aparência do console, só pela aparência eu daria nota 9.

Quando ligo o console e concluo essa primeira parte de escolha de opções, inclusão da conta PSN e atualização do sistema o que se vem é a apresentação do mesmo, também muito mais elegante, rápido e até mesmo mais fácil de usar que o PS4. Surpreendentemente até o momento eu não tive um bug sequer no SO do console, algo que altura no PS4 em 2015 era relativamente comum de acontecer.

Ainda sobre o console, e como referi antes o mesmo é muito bem construído e a emissão de ruido e temperatura dele endossam tal afirmação, o PS5 é tão silêncioso quanto o meu XSS e funciona a frio mesmo, jogando Astros Playroom e pondo as mãos na carcaça externa vc não percebe nem uma temperatura morna na mesma, comparando o Ar que sai da parte traseira do PS5 com a que sai da grade do XSS, até mesmo aqui o PS5 surpreende com um Ar mais morno que o mini console da Microsoft. Em resumo o console é nota 10 nestes quesitos.

Agora falando mais dos jogos, como eu tive PS4 desde 2014 em diante eu tenho uma coleção de games que faz inveja ao Game Pass Ultimate em termos de números, em qualidade eu acho que a minha coleção supera o serviço da Microsoft. Diante disso, o primeiro jogo que testei no PS5 foi Nioh que se situa no HD externo o qual tem uma seleção de jogos de PS4 que eu jogava no meu PS4 Pro. Ele foi o primeiro porque eu gosto muito desse jogo e porque eu queria testar algumas melhorias que o novo console traz. Logo de cara vc percebe que mesmo não estando no SSD existe uma ligeira vantagem em termos de carregamento no jogo, o mesmo tem 3 modos de jogo, um a 1800p 30fps, outro 1080p 60fps (que no PS4 Pro não chegava nunca a 60fps) e um outro modo que foi o escolhido a 1800p e fps desbloqueado, e fixo em 60fps neste modo no PS5, jogar dessa forma é muito mais prazeroso, além disso o HDR no PS5 vem ativo automaticamente dando um ganho de qualidade de imagem que não se percebia antes no PS4 Pro. Partindo para o segundo jogo ainda o HD abri Days Gone para testar o Patch de 60fps e o HDR do game, e posso dizer que este game melhora muito com estás benesses do PS5, jogar em 60fps ele é uma delícia.

Pra concluir finalmente eu parti para Astros Playroom e na ocasião minha sobrinha estava junto a mim. Se fosse pra definir este jogo em específico com uma palavra seria “Fantástico”, e não somente pelo que o Dualsense proporciona, mas o jogo em si é muito bom, muito bem feito e caprichado nos mínimos detalhes, toda a história do PlayStation está contida nele e todas as referências de jogos pelo caminho, o Gameplay gostoso. Afirmo que Astros está apar com os melhores jogos de plataforma que já joguei, isso que eu só falei do jogo e nem toquei ainda nas sensações do controle que vem a seguir.

Agora o Dualsense, visualmente é muito bonito, é maior que o controle do XSS mas um pouco mais leve. Branco, ou seja, suja com facilidade, ontem mesmo já tive de limpar a parte traseira dele pois minhas mãos suam bastante enquanto jogo. O plástico dele também tem o detalhe dos mini símbolos dos botões assim como os da carcaça do console o qual citei acima. Em termos de Gameplay em jogos Retro nada a falar, somente que a duração da bateria é mesmo maior, jogando Nioh e Days Gone percebi que dura de 10 à 12hs, já jogando Astros essa autonomia parece cair muito pois neste jogo o controle não para 1s de passar alguma sensação as mãos, mas falando dele em Astros temos aqui um game changer mesmo, é muita sensacao realista em seus mínimos detalhes, um piso diferente do outro gera sensações igualmente diferentes. É difícil explicar, mas quando puderem experimentar verão o qual imersivo o jogo se torna caso a Dev invista nestas features do controle.

Em resumo e se eu pudesse dar notas:

Console daria 9, -1 pelo tamanho excessivo
Sistema Operacional 10
Jogos testados 10
Dualsense 10

No fritar dos ovos, o PlayStation 5 é sem dúvida alguma o console mais Nextgen até o momento. De Desing passando pelos jogos até o Dualsense.

Marco Antonio Brasil
Responder a  nETTo
14 dias atrás

Obrigado pela avaliação amigo!
Quando puderes inclua alguns comentários sobre os tempos de loading.

Sparrow81
Sparrow81
18 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Como peça de Hardware e tecnologias o PS5 vem se mostrando superior em diversos aspectos. Bem que depois da apresentação do PS5 vários devs se manifestaram falando que a Sony tinha perdido a chance de vender o peixe e que o PS5 era superior ao concorrente de diversas formas. Hoje, quase 7 meses depois do lançamento dos consoles vemos o ps5 levando vantagem na maioria dos jogos novos, a lançar jogo atrás de jogo, com tecnologias e features nunca vistas num console, enquanto para o SUPER PODEROSO concorrente SOBROU só falar em retrocompatibilidade e serviço simplesmente porque NÃO tem NADA de NOVO!

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Sparrow81
18 dias atrás

Olha, esse será provavelmente meu ultimo comentário aqui pois a parte de comentários do pcmanias virou algo bem próximo de um site sonista ao extremo, dizer que o Xbox Series não tem nada de novo é de uma ignorancia sem tamanho, mas que se dane, cansei de rebater sonista aqui

Livio
Livio
Responder a  Fernando Molina
17 dias atrás

Caro Fernando, tirando as palavras em uppercase, o que o Sparrow falou de errado? Ontem li um comentário do Mário a dizer que concordava com o que o José Galvão comentou e o que o Galvão comentou?? Justamente o que o o Sparrow digitou acima. O XSX até agora não mostrou ao que veio, a MS somente apostando em retro, fora aquela conversa de exclusividade do Dolby Atmos que caiu por terra em menos de 24 horas.

Pegue tudo que foi falado em negativo contra o PS5 e verás que muita coisa era fake e que se mostrou superior no PS5, a exemplo do armazenamento.

Infelizmente até agora o Xbox não mostrou nada de novo, nem o Quick Resume, que se for ver é um rest mode estendido para mais de um jogo. A geração passada, pelo menos no PS4, um jogo continua de onde parou caso você retorne de um rest mode.

Cadê o Velocity Archtecture? Cadê o SFS? Onde estão as tecnologias que a MS prega aos 4 cantos sobre o XSX?? Já tem boatos na E3 de que mostrarão somente o multiplayer do Halo, porque não mostra o single player? Justamente não irão mostrar o modo de jogo que tende a explorar o harware ao máximo??

nETTo
nETTo
Responder a  Livio
17 dias atrás

Apenas dando a minha opinião sobre está teima.

Comprei o XSS e ele chegou no mesmo dia do PS5. Como dono de um Series e um One Fat vou passar o meu relato de como eu vejo as coisas.

Com dito, tenho um One Fat, poderia continuar com ele por mais um tempo já que os jogos de Xbox ainda em grande maioria saem nele. Porém a experiência com o One hj já é insatisfatória, os jogos de 2018 pra cá são não otimizados, rodam mal, o sistema operacional vc percebe que também toda mal nele (isso depois de experimentar o XSS), tem os loadings demorados tambem e não tem Quick Resume nele. Partindo disso eu resolvi comprar um XSS de segunda mão, com 3 meses de uso mas com um belo desconto em relação ao preço oficial. Até este momento já pude instalar no meu XSS alguns jogos otimizados tais como:

OutRiders (jogo Nextgen)
Forza Horizon 4 (otimizado pra Nextgen)
Gears 5 (otimizado pra Nextgen)
Dirt5 (jogo Nextgen)
The Medium (jogo Nextgen)

Como já tinha One, vários dos jogos que eu já possuía foram incluídos no programa FPS Boost, no caso pude testar Prey e Fallout 4.

Como dito acima a experiência com o SO é outro nível, tudo funciona muito rápido. Tem o Quick Resume o qual sinceramente e para mim é uma das melhores features desta Nextgen, parar os jogos e voltar naquele exato ponto sem ter de dar boot denovo no game é fantástico, e isso pode ser feito com vários jogos ao mesmo tempo.

Eu percebo a reclamação do colega Fernando, concordo com ele que o Xbox tem novidades sim, o que não tem e de fato é verdade é suporte do Xbox Game Studios. Mas em termos de jogos todos os multis estão lá e alguns Day One no Gamepass.

Também gostaria de colocar aqui um ponto de vista meu sobre o meu XSS. Em termos de experiência o console é muito melhor que o One S, agora em termos de expectativas Nextgen eu diria que o XSS está para o One X o que este último está para o One S. Ao menos para mim o XSS não aparenta ser um console de Nextgen como o meu relato acima do PS5 da a entender, mas sim um console de meio de geração entendem.

Livio
Livio
Responder a  nETTo
17 dias atrás

Sobre o Quick resume foi o que falei acima, é uma feature melhorada do que já acontece até mesmo no PS4(nem sei como é no PS5 pq não o tenho). No Series tem a melhoria de colocar vários jogos em “rest mode”, no PS4 somente 1 jogo, ou alguém aqui nunca ligou um PS4 de um rest mode com um jogo a correr? No meu caso é só selecionar o usuário que o jogo volta de onde parei. (Sei que no Series não é preciso colocar o console em rest mode para usar o Quick Resume)

Sobre PS5 e Series, o PS5 não tá nem precisando dos jogos first e second party para mostrar o que tem, são jogos a correr no nível ou superior ao XSX, é o armazenamento a ocupar menos espaço. PS5 já tens jogos a nível next-gen, em 7 meses onde estão os do Xbox? É isso que o Sparrow está a falar.

Sinceramente creio que nessa E3 a MS só se sairá bem se anunciar a aquisição de mais algum estúdio, quem saiba a Sega já que foi um burburinho no final do ano passado, porque Halo só será apresentado o multiplayer, segundo rumores.

Finn
Finn
Responder a  Livio
17 dias atrás

O quick resume não tem nada a ver com o rest/sleep mode. O primeiro também tem nos Xbox One, é só um modo de hibernação melhorado, pois permite fazer download de jogos. O que ele faz é apenas deixar o console em um modo de energia baixo e suspender os jogos, como aconteceria se um PC rodando um jogo fosse colocado em modo de suspensão. Já o quick resume salva o “state save” exato de onde o jogador parou da última vez que saiu do jogo e além de ser possível fazer com vários jogos de uma vez, também dá para desligar o console da tomada, gastando zero de energia. É muito conveniente para jogos online em um servidor estabelecido, como DayZ, Minecraft, Grounded, etc. Serve bem para alternar entre dois ou mais jogos (não necessariamente na mesma sessão de gameplay). Além disso, dá para zerar um jogo inteiro sem nem usar o save manual do jogo ou se preocupar com os automáticos. Seria uma mão na roda para jogar Returnal, por exemplo. A alternativa do PS5 são os cards de atividade, que são bem interessantes e suprem a mesma necessidade em algumas ocasiões, mas são menos convenientes, por ter menos suporte de jogos no geral e não permitir voltar para o ponto exato de onde se parou.

Livio
Livio
Responder a  nETTo
17 dias atrás

E aí você vê as posturas das duas empresas, se em 2018 o One fat rodal mal até o SO(segundo as suas palavras) em 2020 o PS4 roda um dos melhores jogos já feitos e com qualidade que nem se imaginava para um hardware de 2013 (The Last of Us 2).

Daí fica a necessidade de comprar um hardware next-gen para rodar jogos que deveriam rodar em um hardware de geração passada

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Molina
17 dias atrás

Se ofendeu não sei porque. É só um fato. Eu falo de novidades e inovação! O que o SX mostrou até o momento? Features de retro? Grande novidade para jogos velhos. Quick Resume? Legal.
Me lista aí as grandes novidades que o SX trouxe até o momento. Comprar console de 500 euros/R$4700,00 para ver melhorias em retro? Nem todo mundo gosta disso, amigo. Por sinal, a maioria não dá a mínima para isso e entra numa nova geração para ver coisas novas.
Nesses 7 meses de geração o PS5 deu uma surra no SX, essa é a verdade. Só um exemplo, jogos lançados que só se joga no ps5 até o momento vs lançados no SX. Só citarei um que o Xbox ainda tem e que não se joga no playstation: The Medium. Do lado do playstation acho que não preciso nem falar, né? Você está bem por dentro.

Em tempo, parece que aqui falar a verdade sobre a Microsoft você automaticamente se torna num grande fanboy Sony, o que sinceramente não é meu caso. A culpa das decisões equivocadas da Microsoft não é minha, meu caro. Ao invés de você ficar chorando por aqui e chamando outros de fanboys (o que eu bem posso dizer que você é) por que vocês não cobram a Microsoft? Pelo jeito estão bem satisfeitos né?

Aguardando aqui sua lista de inovações que o SX trouxe para nextgen, fora o GRANDE Quick Resume e as melhorias de retro.

nETTo
nETTo
Responder a  Sparrow81
17 dias atrás

Cara eu tô com o PS5 e se o mesmo tivesse Quick Resume e FPS Boost isso seria fenomenal.

Não menospreze tais features

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  nETTo
17 dias atrás

Nao estou menosprezando, só estou falando que até o momento é só isso e que se compra um videogame nextgen para se jogar coisa nova. Retro é e sempre será plus num novo console. Ou tô errado? Eu não me vejo jogando retro quando se tem novidades saindo de 3 em 3 meses. Com Ps5, nem tempo tenho para ficar testando retro.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Fernando Molina
17 dias atrás

Me add no zap para conversarmos (27) 998388356 Será uma honra, brother!

Fernando Molina
Fernando Molina
Responder a  Mário Armão Ferreira
17 dias atrás

Vamos lá, vou fazer mais esse comentário pra não ficar nenhum mal entendido, eu não fiz acusação nenhuma ao site e sim a alguns na sessão de comentários, e eu repito que falar que os Series não tem nenhuma novidade em hardware é sim ignorancia(e novamente não me referi a voce e nem ao seu site), e mais uma vez, não fiz nenhuma acusação ao seu site, e dizer que a sessão de comentários praticamente não difere em nada de sites sonystas é um fato.Esclarecido?

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Fernando Molina
17 dias atrás

Eu concordo com você Fernando, e quanto as funcionalidades, o Quick Resume é uma bela sacada do meu ponto de vista, a Microsoft está de parabéns por essa idéia.
O que eu concordo com o pessoal é que infelizmente não há jogos relevantes, novidades pra explorar o console até hoje, a Sony já mostrou algumas coisas mas a MS está devendo e os fãs tem que cobrar, esse aparelho não é barato.
Espero que não deixe de comentar, mas eu mesmo já abandonei diversos sites por conta de fanboys, pelo menos aqui o Mário ainda mantém o nível na medida do possível, pois sair simplesmente censurando as pessoas não é legal, há de se evitar por exemplo comentários agressivos como esses que o Sparow costuma fazer, eu concordo com ele muito mas não com a forma como ele coloca as idéias, que nesse caso foi agressivo com você lembrando um “mil grau”, apelo ao Mário pra coibir esse tipo de teor e se for pra discordar que se faça com cordialidade, eu mesmo já usei termos ruins e me arrependo

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Fernando Molina
17 dias atrás

Vamos lá. NADA de novo! De hardware é óbvio que tem, mas aí o ps5 tb tem a mesma microarquitetura e ainda vai além, como muito bem deverias saber, já que frequenta este site. Eu estou aguardando as novidades fora fps boost e Quick resume. No playstation eu também tenho um controlador entregando experiência diferenciada e nunca antes provada. Fora games novos, que pelo jeito não importam pra você.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Sparrow81
17 dias atrás

O Fernando não fica com esses papos ruins de “dual sense não importa pra você”, não é justo colocar todo mundo no mesmo saco, ele tem sido muito educado nos comentários e se falou dessa forma é porquê está saturado desses comentários de fanboys que não sabem falar sem atacar

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
17 dias atrás

Mas eu fui mal educado com ele? Onde, meu amigo? Estava falando de jogos novos e o que cada console oferece. O Xbox não oferece NADA de novo, além do que já falei. Quick resume e FPS boost de jogos velhos! Ora, quem é que compra console pra jogar velharia? Retro é plus! Console novo é ora se ter novas experiência e não experiências velhas aprimoradas.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Sparrow81
17 dias atrás

Eu concordo com isso mas não se faça de mal entendido, sabe bem o que estou dizendo

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
17 dias atrás

Sei não. Explique. Falar a verdade é ruim?

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Fernando Molina
17 dias atrás

Acho que ficaram alguns mal entendidos.

Um entendeu hardware, outro entendeu jogos exclusivos.

De qualquer forma, gostaria que reconsiderasse. Você sempre agrega conteúdo nos comentários.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Fernando Molina
17 dias atrás

Das duas uma, ou estás completamente na lua, ou estás a fazer os outros passar por parvos.
Penso que foi claro como a água que a queixa dos presentes tem a ver com os jogos, software, e neste quesito a Xbox não tem nada de novo, isso ficou bem claro para todos os presentes, mas pelos vistos preferiste fazer-te de desentendido dizendo que afinal era de hardware que estavas a falar.

Já vi este filme demasiadas vezes, fanboys que desarmados perante factos, fazem birra e ameaçam que se vão embora.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  José Galvão
17 dias atrás

Até você Galvão?! Acompanho o site a muitos anos e o Molina não é fanboy, ele só reagiu a um dos inúmeros comentários que baixam o sarrafo na plataforma de preferência dele e que tem sim o seu valor, mas que é incompreendida por quem está de fora, sim, não tem jogos exclusivos no momento mas a plataforma não está morta, só é uma linha de pensamento diferente, não serve pra mim mas serve pra ele e mais 50 milhões de pessoas

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
17 dias atrás

Carlos, que mentira eu contei no meu comentário? Onde fui ofensivo no meu comentário? O Fernando que veio com pedras na mão me chamando de fanboy quando expus a realidade! De novo, o Xbox não tem NADA de novo hoje. Tem Quick resume e melhoria em retro! O que mais?

No mais, não seja injusto comigo, pois quem atacou não fui eu. Se doer pelo pedacinho de plástico que era pra ser todo poderoso e não mostra a que veio é meio absurdo.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Carlos Zidane
17 dias atrás

Até eu?
Desculpa lá, mas ele diz que mais parecemos fanboys extremistas por apontarmos algo por demais evidente e ele ”coitado” só reagiu porque é a plataforma dele e a forma dele pensar, é isso?

E já agora, eu fui um desses 50 milhões, e para mim, como está, não serve.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
17 dias atrás

Mário não andamos nisto à dois dias, uma coisa é um engano, outra coisa é desonestidade intelectual.
É que se ele não percebeu que era dos jogos que falávamos, então é porque leu na diagonal, sendo assim não dizia o que disse.

Tens uma caracteristica com a qual me identifico bastante, não gostas que te façam passar por parvo, se é que me entendes.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Sparrow81
17 dias atrás

Ta gritando porque capitão.Cuidado com o coração.😂🤣.São só consoles,precisa gritar não cara.😂🤣

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Ewertom
17 dias atrás

Gritando? Você está ouvindo vozes? Quem sabe você seja esquizofrênico. Procure um médico.

Ewertom
Ewertom
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

Kkkkkkkkkkk

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Mário Armão Ferreira
16 dias atrás

Tom de voz mais alto não quer dizer que estou gritando, certo? Heeh

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

As vezes receio que as pessoas imaginem que digito tendo um ataque nervoso, a escrita é muito limitada ao passar emoções, quando a realidade é que esses temas são um hobbie pra mim e escrevo numa tranquilidade absoluta, estilo aqueles ingleses tomando chá das 5 com toda a compostura kk mas o texto parece que estou em um pub em meio a uma briga de hooligans 😅

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Mário Armão Ferreira
16 dias atrás

Exato

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
16 dias atrás

Kkkkkkk… Realmente, me indentifiquei.

Deto
Deto
17 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

Os dados não são tão precisos pq tem alguns jogos que parecem que “descompactam” depois de baixar no PS5 e aumentam de tamanho… Acho que é o subnautica que vai para 5GB

uma coisa que ninguém comenta que isso tb é economia no lado da Sony.

economiza banda do servidor pq os jogos são menores na hora do download
economiza espaço em disco do servidor

Parece também para atacar o streaming… tudo que o Stadia hypou como vontagem a Sony mitigou, compactação de arquivos para diminuir tempo de download do jogo ou patch, supensão que baixa patch em segundo plano, ou eliminou “loading instantâneo”

Andrio
Andrio
17 dias atrás
Avalie o nosso artigo :
     

[OFF] Próximo Gow e GT7 em 2022 e serão lançados para ps4

https://blog.playstation.com/2021/06/02/hermen-hulst-qa-whats-next-for-playstation-studios/#sf246401757

nETTo
nETTo
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Tava na cara né

Ninguém abre mão de quase 120 milhões de consoles. Parabéns a Sony pelo suporte a antiga geração, ao mesmo tempo que no PS5 o esperado é um jogo limitado pela antiga geração 🤷

Kito
Kito
Responder a  nETTo
17 dias atrás

Pois, ao ritmo que isto vai, mais valia à Sony e a MS terem esperado mais um ano e meio e lançarem a nova geração com maior potência e que se aguentassem melhor nos anos que aí vêm, pois na prática a next gen ainda não começou verdadeiramente, pois os jogos para os próximos 2 anos serão crossgen e percebe-se, pois com esta pandemia a transição será bastante mais lenta do que aquela na geração anterior.
A meu ver nenhuma das novas consolas justificam a sua aquisição ainda. Elas estarão presas aos milhões de PS4 e Xbox one no mercado.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Kito
17 dias atrás

Se espera mais um ano, se atrasa mais um ano. Se atrasa mais um ano na evolução das engines, precisa achar conteúdo para PS4 urgentemente, pois ninguém ficaria feliz apenas com Miles Morales como “grande” jogo e por aí vai. Aí que eu acho que as pessoas as vezes querem saber mais de estratégia de mercado do que a própria empresa que estuda isso a anos. Fácil falar quando o mundo passa por uma PANDEMIA, onde na Europa se estava normalizando e aí vem uma segunda e terceira onda.
E a transição será mais lenta não só pela PANDEMIA, mas por escolha da empresa. Na mesma entrevista que se fala “Acreditamos em gerações” se fala “A transição de PS4 para PS5 sera mais suave”. Tem um monte de fatores aí… PS3 pra PS4 era uma nova arquitetura e provavelmente nem compensava fazer o Port para PS3. Com PS4 e PS5 já é muito mais fácil.

Livio
Livio
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Eu avisei!!!! pelo menos na questão do GT7, ele é um GT Sport com campanha maior,só isso!

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Hmm, péssimo hein?! Eu não gosto disso, lançou o PS5 pra ser um PS4 Pro Ultra?!
Esses já deviam ser full next gen, que cagada, que cagada

AlexandreR
AlexandreR
Responder a  Andrio
17 dias atrás

É uma pena. Principalmente com o defice que a ps4 tem com o CPU Jaguar, que irá influenciar a fisica e a IA….
Em termos gráficos, a ps4 deverá apresentar uma resolução de 720p.

Livio
Livio
Responder a  AlexandreR
17 dias atrás

Já acho que manterão a resolução de 1080p, tanto Gt quanto GoW, a diferença pode estar em algumas features, como clima dinâmico ou variação dia/noite no GT

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Esperado.

Dá para discutir tanta coisa, até escrever um artigo inteiro.

Só para deixar claro, para mim o ideal é que tudo seja next-gen ali 100% dedicado ao PS5 aproveitando CPU, i/o e GPU no limite. Mas o mundo real do desenvolvimento de software é bem diferente.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Eduardo
17 dias atrás

God of War e GT7 eu esperava que fossem next gen, se não estou em engano a Sony estava meio que fechando o ciclo PS4 no TLoU 2 e GoT, então veio o Forbidden West ok, já estava com essa cara crossgen, mas o GT e o GoW já estão bem para o futuro, não vejo porquê disso, porém como bem diz, no mundo real… E da minha parte é o problema de sempre, dinheiro, imagine 130 milhões de potenciais clientes, é sempre um atraso, fazer o quê..
Os caras mostram um belo tech demo com UE5, Nanite etc, pra nós jogarmos God of War limitados ao velho Jaguar…
Pff

Livio
Livio
Responder a  Carlos Zidane
17 dias atrás

Presumo que a escassez de componentes eletrônicos pode ter resultado nisso.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Carlos Zidane
17 dias atrás

A gente viu uma bela tech demo de uma engine que ainda nem foi lançada. Só estará no mercado em 2022.

Se você reparar o gameplay de Horizon FW, vemos técnicas convencionais de renderização, ainda usam a mesma Decima Engine do PS4. Provavelmente estão construindo o motor gráfico para jogos futuros do PS5 (que por ex aproveita a Geometry Engine) com o desenvolvimento de Horizon FW em paralelo. O que vimos de diferencial em Horizon FW é a densidade de geometria que está bem maior que Horizon Zero Dawn. Mas isso pode ser reescalado para rodar no PS4.

Provavelmente Demon’s Souls Remake e Returnal também poderiam ser reescalados e sair para PS4. Podem não ter feito por várias razões, mas eu diria que a Housemarque e a Bluepoint são estúdios menores e não tinha pessoal suficiente para concluir o jogo no PS5 e ao mesmo tempo portar para o PS4. Já os estúdios maiores da Sony tem esse know how.

Isso não aconteceu nas gerações anteriores porque reescalar Killzone Shadow Fall para rodar no PS3 envolve praticamente construir duas Decima Engine do zero: uma para o PS3 e outra para o PS4. Já do PS4 para o PS5 o port é bem mais fácil, embora também exista um considerável trabalho.

Não estou defendendo a prática, e também me sinto desapontado em ver que no fundo parece que quase nenhum estúdio tem motor gráfico pronto para fazer uso de todas as features next-gen. O próprio gameplay de Farcry 6 me desapontou: totalmente PS4. A Sony está tentando suavizar isso oferecendo uma maior densidade de geometria na consola next-gen, o que passa a sensação de um jogo next-gen. Mas ainda tem muito o que se aproveitar do potencial da nova geração.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Eduardo
17 dias atrás

Sim, falou bem. Usei o exemplo da UE5 pra ilustrar que tem tecnologias novas em software e hardware, então que se aproveite elas, God of War e Gran Turismo são jogos muito importantes pra Sony e até pra o mundo dos jogos, mereciam o que há de mais avançado
R&C Rift Apart já deu uma bela amostra, vamos ver o que vem por aí

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Carlos Zidane
16 dias atrás

Concordo xará.

É decepcionante ver que o conteúdo apresentado pelo Cerny no Road to PS5 começou a ser usado agora em Ratchet and Clank, mas ainda demoraremos mais para ver o seu uso em larga escala.

Gostei desse artigo, retrata bem isso: https://www.videogameschronicle.com/features/opinion/forget-business-sense-sonys-cross-gen-u-turn-is-disappointing-for-ps5s-potential/

Andrio
Andrio
Responder a  Carlos Eduardo
17 dias atrás

Eu como dev entendo perfeitamente. Porem é chato visto as declarações inicias da sony. O Jim quando começou a receber hate pelas declaraçoes inicias, poderia ter segurado a fala dele e Hoje não estaria sendo questionado.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Concordo.

E fazendo justiça aqui, o Phil Spencer foi injustamente hateado quando disse que o cross-gen iria durar 2 anos.

Provavelmente ele já estava a par dessa realidade, mas como nosso conhecimento em argumentação é histórico, não estávamos antenados. Cross-gen PS3 com PS4 foi horrível. Agora não está uma maravilha, mas menos pior. Gostei muito de Horizon Forbidden West.

Carlos Eduardo
Carlos Eduardo
Responder a  Mário Armão Ferreira
16 dias atrás

Sim Mário.

No caso eu me refiro especificamente à afirmação do Phil Spencer de que Xbox One e Xbox Series receberiam os mesmos jogos por 2 anos. Na época ele foi muito criticado, mas a situação ainda era incompreendida.

Quando eu olho para a discussão do Cross-gen, eu vejo 2 extremos:

1) De um lado pessoas dizendo como se cross-gen fosse o fim do mundo e que o potencial máximo full next-gen deveria ser aproveitado desde já.

2) Do outro lado pessoas defendendo o cross-gen dizendo que não limita a consola next-gen em nada, usando de exemplo jogos como Horizon Forbidden West.

A meu ver, hoje a real situação não está nem nos itens 1 tampouco o 2.

Não está no item 1 porque o cross-gen hoje não é igual ao cross-gen de 2013. Essa é a primeira transição de gerações envolvendo arquiteturas similares. Acabei de ver uma entrevista do pessoal da Guerrilla (https://www.youtube.com/watch?v=dNjqw2X6Y5o) dizendo que muito do desenvolvimento de Horizon Forbidden West foi concebido para PS4, e quando receberam os devkits foram adicionando detalhes no PS5 como uma renderização especial para a parte da água.

E não está no item 2 por motivos óbvios, todo jogo cross-gen sofre de limitações no hardware mais potente. Caso alguém queira ver, eu legendei a parte do nxgamer falando das limitações do cross-gen em Horizon Forbidden West: https://www.youtube.com/watch?v=2Tu6TG8d5o4

Claro que o ideal seria ver jogos full next-gen aproveitando o máximo da consola mais poderosa. Mas a realidade atual é outra.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Eu estou adorando ver os comentários dessa entrevista, praticamente todo mundo esta descontente com a nova postura e gestão da Sony e muitos estão pedindo a saida do Jim e Hermen, agora um comentário que eu concordo 100% é este aqui.

“PlayStation is dead.
Don’t be fooled by numbers, what made this division what it is now is brand loyalty, from people who felt treated with respect and that is gone now.
Being scared of changes, as Yoshida said, is not a sufficient reason to throw 27 years of brand loyalty into the trash can, especially since it’s idiotic in the first place when all you had to do was follow Nintendo as you always did:

A PS5 completely backwards compatible with all existing PS4 exclusives revamped at 60fps and higher settings/resolutions to go along with a WHOLE new generation of new ones (actual exclusives, not whatever the definition means now), all launching with 60fps modes would have been UNBEATABLE.
Would have sold like crazy even among the PC players because people play on PC for higher framerates and resolutions and these are all things that could have been done on PS5 already.

Nintendo are perfectly aware that selling their games on other platforms would ultimately destroy the brand and turn them into a publisher because noone would prefer playing their outputs on Switch instead of PC.. yet even if they wolud make TONS of money (much more than you are doing now with those ports), they still refuse to.

All you are doing now is treating PlayStation users as worthless peasants. All money and time that goes into PC ports could have been spent on upgrading titles for your own system or new titles altogether. PS5 exclusives could have been made from the ground up only and specifically to run on PS5 architecture alone for the ultimate benefit of the game.
PS Studio games will be better always and anyway on PC, it will undoubtedly be the best place to play them and therefore there are no incentives whatsoever to buy a console or subscribe to PS+, because no one likes to settle for the inferior experience.

People always said corporations only care about money and don’t give a s**t about you but, honestly, that statement always felt off in regards to PlayStation because it was not what Hirai or Layden made their customers feel in the slightest.
This new Ryan/Hulst PlayStation however, really is a corporation to the core, a nasty, cold, disrespectuful one that totally fits this description.

There is a definition for someone chasing money at the expense of who cares for them, above all and no matter what. It’s “prostitute””

Exatamente tudo o que penso.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Daniel Torres
17 dias atrás

Belíssimo comentário, concordo com ele também

José Galvão
José Galvão
Responder a  Daniel Torres
16 dias atrás

Também concordo com o comentário, está muito elaborado, no entanto não concordo quando ele diz que o dinheiro gasto nos ports para PC, podia ser empregue em mais jogos PS5 e melhorar a anterior geração.
Estes ports não só se pagam a si próprios como geram receita que certamente será aplicada na produção de jogos para a PS5, tirando isso e algum drama à mistura, concordo plenamente.

José Galvão
José Galvão
17 dias atrás

Está confirmado, God of War e GT7 vão ser cross-gen, e Horizon não está 100% garantido para este ano.

Lucas
Lucas
Responder a  José Galvão
17 dias atrás

É muito arriscado para a sony nesse momento ficar dependente de uma base pequena como é o caso do PS5. o problema é a comunicação que parece muito com a da microsoft que diz uma coisa, espera pra ver se conseguiu o resultado que queria e depois muda de novo.

Eu vejo que a sony esta tentando sobreviver ao mesmo tempo que esta tentando arrumar uma forma de entrar em outros mercados sem magoar os fãs de console, ela quer fazer o mesmo que a microsoft sem causar o mesmo dano ao console como aconteceu com o Xbox.

Returnal por exemplo ficou preso ao PS5 e não foi o sucesso que a sony esperava e creio que logo será anunciado para PS4 também ou mais tardar para PC.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Mário Armão Ferreira
16 dias atrás

Como é que fazias noutros tempos em que os jogos não eram tão claros sobre o caminho a seguir e não havia net?

Edson Nill
Edson Nill
17 dias atrás

Eu falei que esses jogos chegariam ao ps4, inclusive o GOW e que muitos desses não chegariam nesse ano e… Fui criticado! Ai está! No fim, nenhum desses novos consoles valem a pena por agora e Bruno estava certo!

nETTo
nETTo
Responder a  Edson Nill
17 dias atrás

Tenho os dois aqui e discordo de sua afirmação apesar de respeitar a mesma.🤙

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  nETTo
17 dias atrás

Quando falo que não valem, refiro aos novos jogos, mas obviamente que valem pelo que são em hardware e pelo porvir!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson Nill
17 dias atrás

Edson, vc não foi criticado por falar, mas sim em achar algo e afirmar, sendo que naquela altura você sabia tanto quanto todos nós, ou seja, NADA.

No mais, se vale ou não a pena é pura opinião… Se o ps5 não tivesse nenhum exclusivo a essa altura, não tivesse mostrado uma das melhores implementações de reflexos com Ray tracing em Miles, não tivesse astro’s, Demon’s Souls, Returnal, Ratchet and Clank no próximo dia 11, eu até poderia concordar contigo. Abraço.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Sparrow81
17 dias atrás

André, não tinha informações, mas para um bom entendedor, um pingo é letra. Estava na cara que isso iria acontecer, pois Jim Ryan passa a credibilidade de um político brasileiro, ou seja, zero! Debocharam do que eu acreditava, e ai está! Bruno falou isso antes e… O atacaram e agora está aí! Um console de 499 dólares com Returnal, Ratchet e Clank que só não estará no ps4 por conta da mudança dos mundos ( E duvido que não rodaria) e o Remake do DS. O cômico é se a MS anunciar uns 3 games exclusivos para os Series, aí o discurso aqui talvez mudará, dizendo que o maravilhoso é lançar exclusivos para o console da velha e nova geração. Abraços, brow!

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Edson Nill
17 dias atrás

Exato, tudo bem que o Bruno exagerou em algumas coisas, mas boa parte do que ele falava está se confirmando, e até eu já fui criticado por falar que as políticas da Sony são as mesmas da Microsoft só que a passos mais lentos.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Daniel Torres
17 dias atrás

Aqui é complicado, Daniel! Tudo que os fãs da Sony atacavam a MS, está em passos pequenos, acontecendo tbm com a Sony, mas as narrativas mudam de acordo com a música. Sony hj pode colocar game no pc pq tem que ter renda extra, colocar game no ps4 e ps5 pq não está limitando o ps5, além de pensar na maior base, etc… Tudo isso é discutível se a mensagem fosse clara, mas… Demonizaram a MS por anos, mas com a Sony, os fanboys usam uma” engenharia cerebral” para defenderem a empresa com unhas e dentes.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson Nill
17 dias atrás

No dia que a Sony se tornar igual a microsoft você vem e fala, Edson. De resto é achismo puro novamente.
Um hardware demora anos para ser desenvolvido e é muito programado seu lançamento. Atrasar mais um ano atrasaria ainda mais a evolução da geração.
Em outro assunto, eu procurei aqui e estou querendo entender onde que a Sony mentiu? Gow 2021? Não sabe que empresas tem previsões e estamos no meio de uma PANDEMIA? Naquela altura o mundo estava passando pelo covid com uma previsão de término e depois disso vem a segunda e terceira onda que acabam com qualquer planejamento.
Ou a Sony mentiu que GOW e GT7 seriam exclusivos Ps5? Eu não vi essa afirmação em lugar algum. Se achar, me ajuda aí que daí vou concordar que mentiu. Quanto a Horizon, ela se retratou logo após apresentação dizer que era exclusivo PS5, foi um erro naquela altura e o console nem sequer tinha sido lançado. Agora você falar que não justifica uma nova geração, ok, opinião sua e respeito. Só que eu posso não concordar, certo? Joguei Miles Morales na melhor versão, com uma das melhores implementações de Ray Tracing da indústria, Demon’s Souls que tá lindo e jogarei Ratchet & Clank no dia 11 agora. Falta eu pegar Returnal TB. Você falar que esses jogos correriam facilmente num PS4 novamente é achismo, certo?
Abraço

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

André, não tem achismo! As coisas mudam de acordo com a música. Covid é desculpa, pois eles sabiam que não passariam, pois toda epidemia não acaba em menos de 2/3 anos e sempre foi assim. Eles sabiam que não conseguiriam entregar consoles, eles construíram essas versões para o ps4 desde o princípio, mas brincaram com as palavras para iludirem fanboys e contrariarem a MS com marketing enganoso. Não sou contra que esses jogos saiam para todos os 2 consoles, mas vc dizer que eles não disseram que o GT 7 seria só do ps5, só pode estar brincando. Quanto digo que ao meu ver esses consoles ainda não valem, falo pelos jogos atuais somado ao alto preço dos mesmos, principalmente no Brasil. Lógico que teremos jogos de altíssima qualidade de ambos os lados e é óbvio que são hardwares incríveis e compra quem quiser,.pois só é a minha humilde opinião. Querendo ou não, o Miles Morales, por mais belo que esteja, está no ps4, o Ratchet Clank não tem nada de ” Uau, nova geração!” Msm estando bonito, Horizon estará no ps4, GOW tbm, GT 7… Tbm! Fora os outros ainda não anunciados… Será que tbm estarão no ps4? Até onde a Sony lançará seus jogos para o ps4? Até onde ela segurará seus exclusivos no console e colocará no PC? A MS não colocou todos seus jogos no PC de um dia para outro. Foi um processo e aparentemente a Sony poderá estar fazendo o msm. ” Ah! Mas o Ryan falou que isso não acontecerá” Phil Spencer tbm falava a msm coisa, anos atrás!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Sinceramente não sei o que as pessoas entenderam ou se só se atentam a trechos que lhe interessam… “Acreditamos em gerações” e logo depois a frase “A transição de PS4 para PS5 será mais suave”. Só se pega uma das frases e distorce? É isso mesmo?
Quanto a GT7 nem no trailer de apresentação se disse que era só PS5, estava estampado PLAYSTATION EXCLUSIVE. Procurei e não achei a informação que diz oficialmente que GT7 seria só PS5. Você pode me passar a fonte?

No mais, sim, Ratchet & Clank é muito impressionante. Muito acima do que já se viu no PS4 em termos de geometria. E isso não sou eu quem tá falando, são várias analises técnicas com pessoas impressionadas. Se rodaria no PS4, pode ser, mas a que custo? Afinal de contas, já se viu ao longo da história porta de baixíssima qualidade, exemplo: 16bits jogos portados pra geração anterior que ficaram nojentos.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

Então pra ti, Ratchet é mais impressionante do que o novo Horizon?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Em muitas questões sim! Principalmente geometria, partículas, npcs e objetos simultâneos em tela. É uma verdadeira amostra do que vem mais afrente nessa geração. Horizon é outra proposta (projeto é gigantesco se comparado a R&C) e impressiona como eles conseguiram escalar para o ps5 densidade, iluminação, etc em um jogo Crossgen, mas poderia ser sim muito mais se fosse Full nextgen. Só que aí estariam reclamando que o jogo só sairia lá pro final de 2023/2024. Haha

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Eu considero R&C RA um jogo de nova geração 🙂

José Galvão
José Galvão
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

São jogos diferentes, cada um tem os seus encantos, mas ao contrário do Horizon, não estou a ver como é que o Ratchet seria possível na PS4, e nesse sentido é mais impressionante que o Horizon.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Sabes porque é que as pessoas demonizaram a MS por anos, porque por anos prometeu, e prometeu, e prometeu, e nada cumpriu, e agora prepara-se para transformar a nossa industria, a nossa paixão de décadas, num serviço.

A Sony de hoje, ainda entrega jogos de alta qualidade, a única inclusive, o único passo em direção à filosofia da Microsoft é a sua aproximação ao PC.
No que toca aos jogos cross-gen, tens mais de 100 milhões de pessoas com uma PS4, não existe uma única PS5 numa prateleira no mundo, é retrocompativel e a distancia visual não é assim tanta por enquanto, portanto acaba por ser normal.

Uma coisa é alguém perceber o porquê de a Sony fazer jogos cross-gen, as razões que a levam lançar alguns dos seus jogos no PC, outra coisa é aceitar ambos, lá porque eu percebo os motivos, não significa que acho bem ou que estou a arranjar desculpas, uma coisa não está ligada à outra, não é preciso engenharia cerebral para perceber isso.

Daniel Torres
Daniel Torres
Responder a  Mário Armão Ferreira
17 dias atrás

Foi exatamente isso que eu quis dizer, quando eu referi que ele exagerou, realmente hoje eu vejo que os consoles estão em uma posição muito boa do que estavam em 2013.

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Edson Nill
17 dias atrás

É assim mesmo Edson, se a Sony ou MS pisarem na bola aparece do nada uns 10 ou 20 advogados grátis
Não se desculpe por não ser um puxa saco

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Carlos Zidane
17 dias atrás

Sim, mas aqui em especial, aparecem muito mais Sonystas! Pensei que as comunidades fossem diferentes, mas vejo que não quando se tratam de fãs ardorosos! Só mudam de camisa.

Andrio
Andrio
Responder a  Edson Nill
17 dias atrás

Até pq data de lançamento não tinha nem sido divulgada… A Sony vir a publico dizer que gow foi “adiado” surpreendeu zero pessoas. Seguindo o modelo que ela vem apresentando de mostrar gameplay dos jogos a estão próximos de sair o gow já era certeza que n sairia em 2021.

Agora esse lance de falar que iriam sair jogos só para ps5 e depois voltar atrás foi mancada!

Ainda bem que diferente da Microsoft ela vem entregando algo pelo menos.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Andrio
17 dias atrás

Andrio, olhe isso: https://youtu.be/7RjdHsTcrsE
Soma-se ao GT 7 e quem sabe até o Horizon novo. ( Por mais que acho que ele possa ser lançado esse ano).

Andrio
Andrio
Responder a  Edson Nill
17 dias atrás

Edson, nesse teaser não tem nada. Mesmo se tivesse explícito “lançamento 2021” eu duvidaria.

José Galvão
José Galvão
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Quando vês um simples teaser de um grande AAA a dizer que sai no ano seguinte, é de desconfiar porque certamente será adiado, mas isso não quer dizer que seja correcto induzir os fãs em erro, algo que todos, mas mesmo todos fazem.

Quanto aos jogos terem uma versão PS4, não percebo a indignação, a PS4 é das consolas mais vendidas de todos os tempos, tem o maior parque de consolas do mundo e que ainda gera uma receita tremenda, aliado a isto a falta de PS5 que está para durar, e tens a mistura perfeita para teres jogos cross-gen, portanto não percebo qual é a dificuldade em perceber isto.

O que o Bruno dizia era que estas consolas eram uma desilusão tecnologica, underpowered para o que ele estava à espera, isto porque não percebe que o salto visual a cada geração será cada vez menor.
Já viste a qualidade visual a que estamos a chegar?
Não lês os artigos a mostrar o fotorrealismo que estamos a alcançar?
Então o que dizer de uma eventual PS6…imagino a chuva de criticas que vai receber quando mostrar os seus primeiros jogos, e mais ainda se for retrocompativel com a PS5.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  José Galvão
16 dias atrás

José, a minha crítica não foi especificamente por o jogo estar no ps4, e sim pela mudança de narrativa de alguns. Quando a MS disse que o one receberia jogos ainda por uns anos, dias depois, veio a Sony dizer que a Sony acredita em saltos geracionais, aonde alguns aqui, andaram a criticar a MS pela msm fazer games para o one, msm com o Series no mercado, porém a Sony fazendo o mesmo, agora esses mesmos dizem que é muito bom, ou seja, a narrativa muda de acordo com a música. Não há como negar que o Horizon está lindo, mas tbm não há de negar que o ps4 limita o ps5, como o GOW será limitado pela versão ps4 no ps5. O lado bom é que 120 milhões d usuários ps4 poderão jogar esses Games!

José Galvão
José Galvão
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Isto foi o que a Sony disse aquando do lançamento da PS5:

A Sony Interactive Entertainment acredita que os próximos 3 anos serão importantes, descrevendo-os como um período cross-gen, durante o qual os consumidores PS4 vão transitar para a nova PlayStation 5.

Qual é a surpresa agora?

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Mas a Sony não tá fazendo o mesmo e nem a Microsoft. The Medium não tem no Xbox one. E aí? Como ficou o Phill Spencer com essa? Do outro lado nem tudo que tá no ps5 está no PS4. Demon’s Souls, Returnal e Ratchet & Clank não estão no PS4.
E quando Jim Ryan falou que acreditava em saltos geracionais também disse que a transição PS4/PS5 seria mais suave que PS3/PS4. Falar que acredita em gerações não anula a outra frase. É só questão de interpretação e perceber o que foi falado e como foi pensado.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

The medium não é um exclusivo xbox, André!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Foi anunciado como e ainda é. Tem no PC, como todo o resto da linha First party do Xbox. Ou seja, a Microsoft fala que é exclusivo.

Por outro lado, Phil Spencer fala uma coisa e na semana seguinte Greenberg o contradiz dizendo que cada Studio tem a liberdade para escolher se lança ou não no One. Se nem eles se entendem internamente, quem sou eu pra tentar entendê-los

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

André, quando digo que não é exclusivo, refiro ao fato de não ser dos estúdios da MS. Esse game deverá chegar possivelmente aos outros consoles no futuro, acho eu! Aaron falava muita merda e o Phil tbm, mas eu tenho que reconhecer que ultimamente andam calados!

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Edson Nill
16 dias atrás

Estão calados simplesmente porque eles não tem mais o que falar… A casa caiu! Se a Microsoft não mostrar nada de peso e com lançamento próximo na E3, eles dificilmente se recuperam durante a geração. Sabemos que o primeiro ano é extremamente importante para se arrancar bem e depois fica difícil recuperar. E eu SINCERAMENTE espero que eles mostrem algo de surpreendente. Porém, duvido. E tenho motivos de sobra pra duvidar, infelizmente.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

Concordo que essa E3 é tudo ou nada pra eles, se querem de fato fazer com que os Series vingarem!

Andrio
Andrio
Responder a  José Galvão
16 dias atrás

Também acho que o salto visual será cada vez menor. Hj o pessoal da guerrilha liberou algumas informações sobre Horizon FW. O mundo será um pouco maior que o ZD, mas terá mais densidade e mais vida. Particularmente eu acho que isso será a evolução dos jogos mundo aberto dessa gen.

Só espero que HFW saia esse ano 🙏

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  José Galvão
16 dias atrás

O nível gráfico está chegando a um bom nível mesmo, o que mais aguardo, acima de gráficos fotorrealistas que já estão ótimos, é mais conteúdo, interatividade, mais vida no mundo dos jogos.
Por muito tempo ficamos com essa de gráficos mas, no fim do dia, as mecânicas de jogo que nos prendem e que nos divertem, há jogos que nem são tão bonitos mas são viciantes, e eu realmente espero que essas mecânicas e conteúdos sejam o maior foco nesta geração, e não essas perfumarias como Ray Tracing, embora acho que este dará muito o que falar obviamente

Carlos Zidane
Carlos Zidane
Responder a  Carlos Zidane
16 dias atrás

Minha crítica ao God of War sair também no PS4 se prende mais a isso, ao que o SSD/Ryzen/IO/GE etc poderia dar de jogabilidade mais variada e avançada, enquanto que graficamente no PS4 já é lindo mas muito limitado pelo CPU/Memórias

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
16 dias atrás

Ao que tudo indica, God of War Full nextgen só seria possível lá por final de 2023/2024. Será que a galera ficaria satisfeita com essa espera? Eu prefiro ter o máximo de jogos no início, pois é o período que os jogos estão mais escassos.

Edson Nill
Edson Nill
Responder a  Sparrow81
16 dias atrás

Uai, o pessoal esperou 5 anos para jogar um novo GOW, pq não esperar novamente, mas com mecânicas novas como o Zidane bem citou. As pessoas focam muito em gráficos e concordo com o Galvão de estarmos chegando no nível de termos mudanças sutis, mas há outras coisas que veremos com melhorias mais acentuadas e as mecânicas é uma delas. A Sony está colocando esses jogos no ps4 pelo simples fato de não conseguir produzir tantos ps5 suficientes até 2022, além de olhar para o tamanho da base dela que não é pequena. Comercialmente, é uma jogada bem inteligente, mas entenderemos bem o que é o ps5 pós esses games cross gen. A MS deverá fazer o msm com o Forza Horizon 5, além do Halo já ter a versão confirmada do One.

Sparrow81
Sparrow81
Responder a  Carlos Zidane
16 dias atrás

Ray tracing é um caminho sem volta, pois é renderização e deve ficar cada vez mais leve, já ficou.

Finn
Finn
17 dias atrás

1 GB em saves é possível de se acontecer? Eles não têm, quando muito, 1 ou 2 mb? Quanto ao quick resume, eu acho que ele usa o armazenamento do sistema, não o livre.

error: Conteúdo protegido